sábado, outubro 07, 2006

As palavras que nunca te direi



No silêncio das palavras procurei respostas…
Nos pesadelos procurei um sonho…
Na solidão procurei caminhos…
Na escuridão procurei a luz…
(...)
Sucumbida ao cansaço parei de mendigar, o tanto que supliquei…
Peguei num lápis e papel e rabisquei as palavras que nunca te direi…

45 Comments:

At outubro 07, 2006 10:30 da tarde, Blogger }}cleopatra{{ said...

As palavras que aqui encontrei
São simples e belas
Palavras escritas ao vento?
Talvez sejam mesmo elas
... as palavras que nunca te direi!

Um beijo soprado

 
At outubro 08, 2006 11:00 da manhã, Blogger Angela said...

Conciso mas incrivelmente profundo!

Mendigar sentimentos, o amor, a atenção é das piores coisas que um ser humano pode fazer a si próprio. Não há nada mais destrutivo do que isso!
E, por vezes, leve muito tempo até nos conseguirmos reconstruir...

Mas o poeta... até nisso vê poesia!

Beijinhos.

 
At outubro 08, 2006 12:13 da tarde, Blogger Ari said...

Guardas palavras que te sufocam...

Como eu te entendo linda.

Deixo-te um beijinho muito grande

 
At outubro 08, 2006 12:56 da tarde, Blogger VEM SONHAR COMIGO said...

Estou trste Vénus.O meu coração anda muito acelarado.Tenho receio!
E com estas palaras...

bj
d :(

 
At outubro 08, 2006 8:43 da tarde, Blogger Velutha said...

luta pela concretização dos teus sonhos ainda que neste momento não estejas segura de que venham a concretizar-se. Desistir? Nunca!
Beijo

 
At outubro 08, 2006 8:44 da tarde, Blogger Velutha said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At outubro 08, 2006 9:38 da tarde, Blogger AS said...

há palavras que não precisamos dizer... elas lêem-se nos olhos!...

Um beijo...

 
At outubro 08, 2006 11:02 da tarde, Blogger aqui-há-gato said...

E a mim não queres dizer?
Prometo ser túmulo!
Fica a ser o nosso segredo:))

 
At outubro 09, 2006 2:35 da manhã, Blogger Janine Bettencourt said...

Tão simples e tão bonito...
Às vezes devemos guardar realmente o melhor que existe em cada um de nós só para nós mesmos... ou até o pior que vive em cada um.
Gostei...
Jana Bettencourt

 
At outubro 09, 2006 10:06 da manhã, Blogger Vultos said...

(...) tocas-me com as palavras que não dizes, mesmo quando estás além, nunca estás perto quando te quero mas sim,
quando ninguém te tem(...)

Não é fácil viver assim

Manuel Rodrigues

 
At outubro 09, 2006 7:25 da tarde, Blogger venus said...

olá...
antes demais quero agradecer a todos os comentários que fizeram.
realmente há palavras que sufocam, que se leem nos olhos e que oprimem toda a nossa existência, contudo e apesar de acreditar que não devemos ter desejos oprimidos considero que existem coisas que devemos guardar no nosso intimo de forma a protegermos o nosso ser.

No amor tal como na guerra temos de saber perder. Temos que dar ordem as tropas, sobreviventes, para se retirarem, pois se não o fizermos, por orgulho ou teimosia, estaremos a permitir que mais sangue seja derrubado no campo da batalha.
Não se trata de desistir, trata-se de procurar novos rumos, novas esperanças, novos sonhos…

 
At outubro 09, 2006 10:10 da tarde, Blogger Dagarman said...

É bonito.

Beijinhos

 
At outubro 10, 2006 1:40 da manhã, Blogger Lilliput said...

compreendo muito bem o que sentes e porque expulsas esse sentimento apenas através da escrita.
as tuas palavras são lindas tal como o teu blog.
beijos

 
At outubro 10, 2006 4:04 da tarde, Blogger amorica valente said...

muito lindo isso... mas ao menos mostre o que escreveu.

 
At outubro 10, 2006 10:28 da tarde, Blogger VEM SONHAR COMIGO said...

Ai Vénus!É a protecção.É bom sentirmo-nos protegidas.

Bj d
d

 
At outubro 10, 2006 11:49 da tarde, Blogger venus said...

se é "vem sonhar comigo"...
por vezes tornamo-nos tão transparentes que nem a nossa imagem conseguimos ver espelhada, e perdoem-me a redundancia, num espelho...
é tão bom sentirmos que alguem nos protege, que nos libertam das garras com que a sociedade nos oprime e nos corrompe...

cara amorica, não mostro o que escrevi pois estaria a dizer aquilo que senti. desta forma não faria sentido dizer "as palavras que nunca te direi". tudo isto tem a ver com a tal protecção de que falei acima...
há palavras que devem ser guardadas no segredo dos deuses, e tal como frog diz, espelhadas nos olhos de quem quer ver...

beijos a todos

 
At outubro 11, 2006 3:14 da manhã, Blogger karvoeiro said...

mas diz... :)

 
At outubro 11, 2006 3:22 da manhã, Blogger venus said...

não posso lamento :)
talvez um dia mais tarde

 
At outubro 11, 2006 11:38 da manhã, Blogger aqui-há-gato said...

Humm...
Seitei-me!
E dizer o que sentes é mau? Desde quando?
Não deixes essa angústia tomar conta de ti. Partilha, larga mão desses sentimentos, dessa dor que te derruba...

Nada disso! Desistir?
Não há melhor honra para um militar do que morrer no campo de batalha!
Partilha e luta, esta sim, é a tua guerra!
Vive esta dualidade, do "desabafo" e da luta constante entre ti... e ele!
Se baixares os braços mesmo que não queiras, não é uma solução, mas sim, uma mediocridade...
Vá, imagino que és enorme! Luta e vence!

Miau do gato

 
At outubro 11, 2006 11:54 da manhã, Anonymous Creep said...

Olá a todos,
a capacidade que os leitores têm em imaginar as tais palavras que nunca serão ditas confere um carácter muito mais especial a este post, pois a partir do momento em que elas forem reveladas deixa de fazer sentido todo este mistério, que no fundo, é a beleza deste post.
Cara Venus, guarda as palavras para ti, elas poderão ser reveladas, mas no correcto espaço e no correcto tempo, como que numa linha continua, única e utópica ;)

Beijos e abraços a todos....

 
At outubro 11, 2006 12:39 da tarde, Blogger Pierrot said...

Olá Venus.

Passei por cá, por este teu espaço que desconhecia mas foi graças ao teu generoso comentário no Pierrot que tive o prazer de o conhecer.
Fui dando uma vista de olhos pelos vários textos e fotos que tens postado e afianço-te que está muito bom. Pelo menos para o meu gosto...
Fotos como as apensas ao texto Dor e à Rendição do Adamastor estão brutais e as citações que tens por cá são perfurantes.
Retive uma que me diz muito.
A de Marie Hennenzel onde escreve que os que estão a morrer ensinam-nos a viver. Nada de mais verdadeiro. Recordo-me, a este propósito de ter visto um filme de Amenabar, Mar Adentro, numa fase menos boa da minha vida e o facto de ter interiorizado a sua mensagem, mudou um pouco a forma como estava a encarar a vida, pois constatei que alguém conseguia sofrer a sorrir.
Retive também o teu texto Utopia e a tua frase:

Tive de te perder para entender que o sabor das coisas recuperadas é o mel mais doce que podemos experimentar.

Nem calculas como esta frase tem andado um pouco de mãos dadas comigo.

Muitos parabéns pelo teu blog e cá voltarei.
Bjos daqui
Eugénio

 
At outubro 11, 2006 12:50 da tarde, Blogger karla said...

"as palavras que nunca te direi"... kts são essas palavras k mts vezes nos passam pla cabeça, e kd chega uma altura mais propicia, simplesmente não saem, ficam pra sempre conosco? O k é uma pena, porque as vezes são palavras lindas... talvez ajamos assim por precaução...

beijinhos

 
At outubro 11, 2006 1:06 da tarde, Blogger sentidos said...

A nossa alma, por vezes tem a necessidade de oprimir o que sentimos,o que pensamos, o que somos...e o que queremos. Por outras, uma necessidade inversa, de exprimir todos aqueles sentimentos que estão em "ebulição" na nossa alma. Mas verdade é, que devemos ter sempre um cantinho na nossa alma, só nosso, fechado a todos, para não ficarmos completamente vulneráveis aos olhos dos outros.
Como sempre, gostei da tua visita...e das tuas palavras.

Um sopro sentido

 
At outubro 11, 2006 7:43 da tarde, Blogger António Rosa said...

Os blogues de poesia deixam-me sempre sem fala, por não saber que comentar. Por isso, a maioria das vezes, sou um visitante-leitor silencioso.

O meu preferido é este:

No silêncio das palavras procurei respostas…

 
At outubro 11, 2006 8:51 da tarde, Blogger DE PROPOSITO said...

Passei por aqui, e olhei os teus versos. Fiquei pensando no que eles queriam dizer.
Fica bem
Manuel

 
At outubro 11, 2006 11:12 da tarde, Blogger venus said...

olá a todos...
Caro AQUI-HÁ-GATO, é caso para dizer "da curiosidade morreu o gato":-)
agradeço as tua palavras de coragem, mas acredita que a tenho. Sou uma eterna sonhadora, lutadora e não desisto facilmente...
não pretendo morrer com honra mas sim viver com dignidade, por isso se algo me consome tenho de contornar e seguir em frente. divulgar "as palavras Que nunca te direi" seria como que remexer nas cinzas e trazer à tona toda a minha vulnerabilidade. talvez um dia as escreva aqui...

Caro CREEP, como me compreendes...:-)as palavras serão guardadas, mas na realidade já foram publicadas, contudo apenas são visiveis aos olhos de alguns...
obrigada pela tua visita camarada;)

Caro PIERROT, obrigada pela visita, fiquei sensibilizada com o teu comentário. vejo que passaste aqui de verdade e leste com alguma atenção os meus textos.
realmente existem frases que nos marcam e nos fazem pensar. quanto ás fotos a que recorro, muitas vezes traduzem mensagens ocultas. volta sempre, beijos...

cara Karla, as belas palavras a que te referes serão um dia reveladas, mas no silêncio dos amantes... obrigada pela visita
beijinho

 
At outubro 11, 2006 11:19 da tarde, Blogger venus said...

Caro sentidos, tambem gosto da tua visita e das palavras que me deixas... As palavras que nunca te direi estão bem guardadas no cantinho da alma de que falas. acredito que devemos ter segredos só nossos, como se se tratassem do nosso mais precioso bem... beijos

Caro ANTÓNIO, em muito me lisonja dizer que este é um blog de poesia, mas não o é... de poeta não tenho nada infelismente, apenas subcrevo as palavras que a minha alma dita... podes visitar-me sempre e se quiseres eu permito assobios...
beijos

Caro DE PROPOSITO, as palavras querem dizer tudo o que poderás imaginar, fecha os olhos e visualiza, alguma resposta irás encontrar... beijos e obrigada pela visita

 
At outubro 11, 2006 11:37 da tarde, Blogger * White Roses Princess* said...

lindo..passei aqui e adorei*********************



* White Roses Princess*

 
At outubro 12, 2006 12:20 da tarde, Blogger LUA DE LOBOS said...

para quem tem crianças por perto

peço desculpa de me utilizar do teu blog mas sei que não te vais aborrecer:)

MUITO GRAVE

e porque é de uma gravidade extrema, agradecia que fossem ao

http://indigo-as-princesas.blogspot.com/

e divulgassem o máximo já que, ao que parece, a nível legal, nada funciona e a megera continua impune e à solta!!!

xi
maria

 
At outubro 12, 2006 3:47 da tarde, Blogger PAULO SANTOS said...

um beijo imenso para ti....

o meu comment é sugerir que vás ao "Interior" ler meu ultimo post!
No oposto... comenta este!!!
As palavras que guardamos...
Na pureza!!!

Paulo

----
obrigada pela visita e pelo comment no 10 000!

Paulo

 
At outubro 12, 2006 11:05 da tarde, Blogger Crónicas de Ariana said...

Por vezes, há palavras que nunca diremos...
Por vezes, dá vontade de dizer aquilo que queremos...

BJS :)

 
At outubro 13, 2006 11:07 da manhã, Blogger Princesa said...

Belos versos Venus!
Under Charms!
A foto é bonita também...

Dois beijinhos e bom fim de semana!
Princesa

 
At outubro 13, 2006 4:44 da tarde, Blogger Unicus said...

Sabes que acredito que o objecto do nosso amor sabe ler as entrelinhas? Assim talvez não precises de dizer as palavras. Ele sabe quais são.
Beijos

 
At outubro 14, 2006 1:10 da manhã, Blogger venus said...

eu sei que as palavras são visiveis para alguns olhos basta que as queira ler...
visitei o teu espaço unicus. gostei muito.
beijos

 
At outubro 17, 2006 10:48 da manhã, Blogger Vera said...

Por vezes falamos com o silêncio, mas só alguns nos entendem.
Adorei o teu post!
Curto, mas muito explícito!
Um beijo grande!

 
At outubro 24, 2006 6:28 da tarde, Blogger freelance said...

Mto bom...
Tenho de vir cá mais vezes, mas infelizmente nem tempo tenho para postar no blog, fará ver os blogs do pessoal...
Se qualquer das maneiras virei sempre que vier a net...
Bjs

 
At janeiro 25, 2007 8:37 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Hello
xanax cheap xanax buy xanax online phentermine buy phentermine online phentermine cheap tramadol buy tramadol online tramadol cheap levaquin buy levaquin online levaquin cheap lnorvasc buy sex online babe online casino online casino online
lroulette online blackjack online lpoker online phentermine online xanax xanax buy phentermine phentermine buy phentermine cheap
Enjoy

 
At fevereiro 14, 2007 11:13 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Hello. Alone on Valentine's Day? Live adult chat Find sex partner in your area! Free offer
Enjoy

 
At fevereiro 20, 2007 1:50 da manhã, Blogger venus said...

I'm not alone. sorry dear anonymous

 
At fevereiro 20, 2007 4:04 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Hi. Use this search engine for best result: TFOsearch Find all you need in your area!
for fun

 
At março 06, 2007 12:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At março 24, 2007 9:26 da tarde, Anonymous Anónimo said...

Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

 
At abril 03, 2007 8:55 da tarde, Anonymous Anónimo said...

buy carisoprodol, buy fioricet, buy paxil online, buy generic cialis
Maybe it's will help somebody

 
At dezembro 04, 2011 11:27 da manhã, Anonymous Anónimo said...

I just came to know of it yesterday morning. Bookmarked this and also stumbled upon it. Thanks a lot man. You had some nice ideas in the article. I enjoyed reading it.
--------------------------
Need Bonus Ohne Einzahlung for start ? Absolutely Kostenlose Bonus no risk Online Spiele um Geld spielen without any Graj za darmo !. Great entertainment for you and friends. Darmowe Bonusy bez depozytu !

 
At fevereiro 16, 2012 8:13 da manhã, Anonymous Anónimo said...

Thank you for providing such a thoughtful utopia post, I really enjoy to be here. Your have great insight about As palavras que nunca te direi of your post. Your utopia blog is really excellent.
--------------------------
My website: Online Poker Bonus deals and Texas Hold'em Poker & Poker ohne einzahlung

 

Enviar um comentário

<< Home

online